Windows 10 ganhou o primeiro dos grandes updates. Será que vale a pena?

A Windows 10 ganhou o primeiro dos grandes updates de software prometidos pela Microsoft em novembro. Sem nome específico, o pacote com a atualização traz mudanças na interface do sistema operacional, novas ferramentas de personalização, aplicativos inéditos e promete ser até 30% mais rápido do que o Windows 7 na mesma máquina. Mas, será que o sistema renovado cumpre todo o prometido?

Instalação

Para o alívio de muitos usuários, a instalação do Update 1 é bem menos “traumática” do que a mudança do Windows 7 e 8.x para a versão 10. Não é preciso reservar lugar na fila, esperar muito tempo, nem configurar conta Microsoft ou dar outro passo mais complicado que um clique. Basta abrir o Windows Update e começar e baixar os pacotes lançados pela Microsoft até então.

windows-10-update-1-1

Antes de começar a atualização, porém, tenha em mente que ela não é das mais rápidas e, em nossos testes, chegou a durar cerca de uma hora e meia. Portanto, evite atualizar seu PC durante o trabalho ou antes de uma tarefa importante.

Interface e personalização

A Microsoft decidiu eliminar algumas incoerências entre a Interface do Windows 10 e a de sistemas antigos. A partir de agora, ao clicar com o botão direito na barra de tarefas ou no Menu Iniciar, um novo menu contexto aparecerá com interface mais amigável ao toque, com fundo mais escuro.

windows-10-update-1-2

Ainda no Menu Iniciar, o Windows 10 ganhou duas novidadades. A primeira é a possibilidade de adicionar uma quarta coluna de blocos dinâmicos ou usar dois blocos largos lado a lado. Já a outra são os novos menus contextos das Live Tiles, que são mais intuitivos para redimensionamento e agora permitem que o usuário execute tarefas sem abrir o aplicativo, como no 3D Touch do iPhone 6S.

Para quem gosta de personalizar, o Windows 10 agora reproduz a cor escolhida pelos usuários também na barra de título do Explorador de Arquivos. Anteriormente, o espaço ficava apenas em branco.

windows-10-update-1-3

A Microsoft liberou também que o usuário troque o papel de parede do Windows na tela de login por um fundo colorido. Já os donos da versão 10 Pro poderão ativar o Spotlight para trocar o wallpaper da tela de bloqueio diariamente. Por fim, alguns ícones do sistema foram modificados.

Usabilidade

No modo desktop, a Microsoft incluiu uma ótima mudança no Snap View, que divide aplicativos lado a lado. Agora, ao redimensionar um, o outro também será redimensionado e seu tamanho ficará do jeito que o usuário quiser. Anteriormente, as janelas acabavam separadas.

windows-10-update-1-4

Já o modo tablet trouxe algumas características do Windows 8 de volta. Agora, é possível fechar um app com um movimento para baixo. Além isso, ao exibir dois apps ao mesmo tempo e abrir um terceiro, esse flutuará no meio da tela até que o usuário decida para qual canto ele vai.

Novos aplicativos e funcionalidades

Com o Update 1, donos de notebooks com pouca memória poderão optar por instalar novos apps em HDs externos ou cartões microSD, como já fazem no celular. O Windows 10 agora alerta se há algum problema com o USB conectado ao PC. Além disso, o usuário pode definir sempre a última impressora usada como a padrão.

Para quem costuma esquecer o notebook por aí ou tem medo de ser assaltado, a Microsoft adicionou a função “Localizar meu Dispositivo” ao sistema. O recurso funciona de forma semelhante ao Find My iPhone da Apple e salva localizações periodicamente para que usuário possa encontrar o computador.

windows-10-update-1-5

A Microsoft incluiu, na surdina, três novos apps com a marca Skype , sendo cada um com uma funcionalidade do mensageiro principal: Telefone (ligações), Mensagens (texto) e Video do Skype (videochamadas). O uso deles ainda não é claro, mas o trio estará no Windows 10 Mobile, o que pode indicar que a Microsoft trabalha em ferramentas como a Continuidade do Mac.

O Sway agora vem incluído no sistema, mesmo para quem optou por não baixá-lo anteriormente. Fora isso, os apps do e-mail, Xbox, calendário, Microsoft Fotos, Microsoft Groove e outros receberam pequenas melhorias, sem grande destaque.

Microsoft Edge renovado

Dos apps do sistema, o Microsoft Edge foi o que recebeu mais novidades – aquelas prometidas hás tempos. Para começar, agora ele exibe os previews das abas abertas quando o usuário posiciona o mouse sobre elas. Além disso, todos os favoritos, senhas e listas de leituras podem ser sincronizado com outros dispositivos conectados à mesma conta, incluindo celulares.

O navegador agora também é capaz de transmitir vídeos do YouTube e outros sites para aparelhos com DLNA e Miracast , como o Chromecast funciona. Para os usuários com a Cortana ativada, também será capaz de perguntar coisas à assistente em arquivos PDF.

Cortana mais smart

Para quem usa o Windows em inglês, a Cortana agora permite que o usuário faça uma nota com uma caneta ou os dedos na tela. Além disso, ela é capaz de rastrear ingressos comprados pelo usuário e informar trajetos para o local de evento para garantir que a pessoa chegará a tempo. Por fim, a assistente emite alertas de chamadas perdidas no Windows Phone

Afinal, vale a pena instalar?

Se você é daqueles usuários sedentos por novidades, a primeira atualização do Windows 10 pode decepcionar. O Update trouxe apenas ferramentas para polir o funcionamento do sistema e aumentar o poder do usuário no que diz respeito à personalização. Funcionalidades mais elaboradas ficaram para os próximos meses.

Por essa razão, usuários mais desconfiados não perderão muita coisa em aguardar alguns dias até tiverem certeza que o update está funcionando normalmente. Nos testes do, tudo correu de forma bem tranquila, mas é impossível garantir isso para um sistema tão diverso como o Windows.

Em resumo, o Update 1 é recomendado para quem deseja melhorar ainda mais a sua experiência no PC.